INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial
|
Governo de Portugal - Ministério da Justiça
  • INPI
  • Propriedade Industrial
 
  • Marcas
  • Patentes
  • Design
  • Contactos
Símbolo de Acessibilidade à Web. [D] Twitter Facebook
Subscrever a este RSS feed de Notícias

Notícias e Eventos

 

Notícias e Eventos

Apesar do contexto económico-financeiro adverso, 2011 foi um dos melhores anos de sempre relativamente aos pedidos de proteção de invenções em Portugal. Tendo em consideração os pedidos apresentados pela via nacional (772) e as validações da Patente Europeia em Portugal (4001) o número total é de 4773.

A via nacional regista um aumento de pedidos na ordem dos 18% para o qual muito contribui o crescimento dos Pedidos Provisórios de Patente que passaram de 284 em 2010 para 395 em 2012.
Esta tendência de crescimento também se verifica nos pedidos de Patente Europeia de origem portuguesa, os quais registaram um crescimento de 17% (162 em 2011 face a 138 em 2010), tendo este fato sido devidamente assinalado recentemente pela Organização Europeia de Patentes (www.epo.org/news-issues/news/2012/20120117.html). Portugal mantém a 39ª posição do ranking de países, mas é um dos países europeus onde o crescimento é mais significativo. Relativamente à via internacional os dados ainda não estão disponíveis sendo provável que também aqui se venha a registar o aumento de pedidos com origem em Portugal.

Em 2011 o Design mantém valores idênticos a 2010, registando-se uma ligeira subida, quer nos pedidos (408), quer nos objetos protegidos (1623), de 1.5% e 1% respetivamente. A via Comunitária é fortemente penalizada com uma quebra de cerca de 18%.

As Marcas, os Logótipos e outros sinais distintivos do comércio são os direitos de propriedade industrial mais sensíveis à conjuntura económica, pelo que não é de estranhar uma quebra global de 7,2%. Ainda assim, os 19151 pedidos em 2011 estão dentro da tendência que se verifica desde 2007 quando pela primeira vez se ultrapassou a fasquia dos vinte mil pedidos. Sinal extremamente positivo regista-se nos pedidos de marcas nas vias internacional e comunitária, com aumentos de 17% e 12% respetivamente, alterando a tendência de quebra que se vinha verificando desde 2008.

Em breve será disponibilizado o Relatório Estatístico Anual no site do INPI em www.inpi.pt.

1 março 2012

 
  • Serviços Online
  • Pesquisas
  • Boletim da PI
  • Marcas
  • Patentes
  • Design
  • B2B
Academia de PI INPI Internacional Biblioteca Digital Observatório da PI Anti-Contrafacção Valorização da PI